Revista A Granja aborda criação sustentável de cordeiros de corte na Fazenda GrandValle

O periódico mais antigo do Brasil em todos os segmentos, com 72 anos de existência, fez uma matéria especial sobre a criação sustentável de cordeiros de corte da Fazenda GrandValle. Na edição do mês de maio, a Revista A Granja destacou como a empresa agregou a ovinocultura à sua rotina rural: o rebanho recebe como alimento as cascas e sementes de uva que sobram da produção de suco de uva e, ao final, há o aproveitamento dos dejetos dos ovinos como fertilizante nos pomares. 

 

Atualmente, o rebanho da GrandValle é formado por 1000 ovinos, sendo 700 matrizes que são criadas a pasto. Os reprodutores são Dorper e, as fêmeas, Santa Inês; as raças que mais se adaptaram às condições do semiárido nordestino. Mensalmente, entre 50 e 60 cabeças são enviadas para abate em um frigorífico em Juazeiro e os cortes são comercializados no mesmo município, em um supermercado com o qual a GrandValle estabeleceu uma parceria de fornecimento.

Para a diretora do projeto GrandValle Ovinos, Letícia Secchi, além do aspecto nutricional, o manejo dos animais, que são criados em ambiente tranquilo, com ampla disponibilidade de água e de sombra, faz a diferença no produto que chega à mesa do consumidor. “O resultado é uma carne singular, levemente adocicada, muito suave e extremamente macia”, garante.

Clique aqui para ler a matéria completa.